Hino nacional e dinheiro mudarão com morte de Elizabeth II

A morte da rainha Elizabeth II do Reino Unido, nesta quinta-feira (8), após 70 anos no trono, o reinado mais longevo da história da nação europia, trará pequenos impactos em coisas simples do dia a dia dos britânicos. Como o monarca da dinastia dos Windsor é citado em várias insígnias e símbolos oficiais do país, a mudança na chefia do Estado implica em alguns incômodos.

Hino

O hino do Reino Unido, “God Save The Queen” (Deus Salve a Rainha), mudará este verso para “God Save The King” (Deus Salve o Rei). Na verdade, esta última é a versão oficial da música, criada em 1975, no reinado de George II, mas que passou a ser utilizado como hino nacional apenas no fim do século XIX. Quando outras rainhas estiveram no trono neste período, a letra também foi alterada, como no caso de Elizabeth. Os pronomes “she” e “her” (ela) também são trocados por “he” e “him” (ele).

Moeda

A libra esterlina, moeda oficial do Reino Unido, que mesmo durante as décadas que pertenceu à União Europeia jamais adotou o euro, também sofrerá mudanças a partir de hoje. Todas as cédulas (produzidas por uma empresa privada chamada De La Rue) e moedas novas (feitas pela estatal Royal Mint) que forem emitidas após a morte de Elizabeth II trarão o rosto de seu filho Charles, o novo rei. Por tradição, se a face do monarca morto estiver virada para o lado esquerdo, por exemplo, o novo soberano aparecerá voltado para o lado direito, e vice e versa.

Nome oficial do governo

No Reino Unido, o nome oficial do governo, como aqui no Brasil usamos “Governo Federal”, é “Governo de Sua Majestade”. Na língua inglesa, um pronome, “his” (dele) e “her” (dela), identifica o governo como sendo de um rei ou de uma rainha. Enquanto Elizabeth II reinou, era “Her Majesty’s Government”, só que agora passa a ser “His Majesty’s Government”

Selos

Os selos usados nas postagens remetidas a partir do Reino Unido, a exemplo das cédulas de libra, também trarão a face de Charles III a partir de agora.

Brasão nacional

O chamado Royal Cypher, o símbolo do reino que aparece em absolutamente tudo que é estatal no país, das repartições públicas, às caixinhas do correio e também nos uniformes policiais, que até agora era representado por EIIR (Elizabeth II Regina), também precisará mudar para que o novo monarca use sua marca.

 

Fonte: Revista Fórum